28 de set de 2009

Poeminha/21.

Só você me faz perder
A rota do meu coração

Mares nunca dantes navegados
Esses de amor bravio

Conto estrelas ao seu lado
Não me preocupo com o caminho

Pra meu navio ancorado
Pensei que não havia jeito

E agora a todo vapor
Ele vive dentro do meu peito.


TF* - Novembro/2006.

Um comentário:

Gritos Sufocantes disse...

Eita que faz tempo que nao ando por a q.
Agora só poemas?
Gostei deles!
Mas quero saber tbm daquelas histórias q vc fazia por onde acontecer.
=D
bjus
Eternamente Saudades!!