9 de set de 2009

Poeminha/13.

Escrevi esse poeminha para um cara que me chamou atenção lá pelos idos de 2003.
Fiz, mas nunca tive coragem de entregar. Acontece...

Nos teus olhos vi a vida
Palpitante, forte, brilhante!
Por teus olhos me apaixonei,
Só precisei te fitar por um instante...
E desejei conhecer-te além do que vi,
Além da beleza que enxerguei em ti!
Porém, não nego que a covardia é tamanha
E que tua beleza gritante me acanha,
De tal modo que não há dilema!
Não preciso de resposta.
Só quero que recebas este poema.


TF – 02/10/03.

Nenhum comentário: