10 de jul de 2009

Mamãe odeia rock.

Há alguns dias, participei de uma promoção da Converse que perguntava: "Qual a coisa mais rock 'n roll que você já fez na vida?"
Participei com duas respostas e uma delas foi escolhida! Aê!

Agora, estou aguardando contato dos organizadores para saber como e quando irei receber meu prêmio: um par de tênis Converse.

Minha resposta foi esta:
"Namorei atrás da igreja, tomei porre de cerveja, bati cabeça a noite inteira, na estrada peguei poeira e também carona de caminhão; fiz um tattoo maneira, tomei banho de cachoeira e tive uma grande paixão. Fiz tanto que até deu pra esquecer - só não deixei de vir aqui responder!".
Link para a página da promoção (com as frases escolhidas): Comemore o rock!

É praticamente a primeira vez que ganho alguma coisa em promoções.
A primeira vez MESMO foi em 2002. Fui sorteada e ganhei um ingresso pra ir ao show do Blaze (ex-vocalista do Iron Maiden). Gostava pacas de rock, mas sinceramente não costumava ouvir muito Iron. Mesmo assim, jamais perderia um show desses. Lembro bem da minha mãe, que odeia rock, falando:
- Quantos ingressos você ganhou?
- 1 só, ora.
- E vai sozinha?
- Que é que tem?

Minha mãe imaginava um show de rock como um lugar sujo e fedorento, com homens suados, peludos e bêbados tentando me sodomizar. Claro, a festa seria regada a bebidas alcoólicas, drogas, orgias e pessoas com tatuagens e roupas bizarras. E mais: eu me converteria em adoradora do demo e das trevas, rasparia a cabeça ou faria um moicano, só usaria preto e ainda bifurcaria minha língua, para que ficasse igual a de uma cobra. Também iria largar os estudos, dormir o dia inteiro e entrar para uma banda hardcore, heavy metal ou pior: uma banda estilo slatter. Embora ela não soubesse o significado das palavras, tinha certeza que boa coisa não poderiam ser.

Pois bem. Depois de muito refletir, ela viu que eu iria de qualquer jeito e disse:
- Chama alguém pra ir com você. Eu pago o ingresso.

Chamei a Kylvia. E lá fomos nós, faceiras e joviais. E o show?
Só uma palavra: IRADO!! \o/

Até hoje, minha mãe mantém a mesma postura em relação ao rock: odeia.
E eu também continuo mantendo a minha: amo.

E agora, coincidência das coincidências, a segunda promo que ganhei na vida também tem a ver com rock! ;)

Como diria um amigo meu: "Metaaaaaaaaaaaaaaal!"
Oh yeah!

Um comentário:

Rafael Doido disse...

Taty!!!!
Que honra ter você me lendo...
Agora que criei coragem pra voltar a escrever, criei coragem para ler os amigos que tem blog.
Sim, pois bem... comentando...
Se sua mãe achava que um show de rock era assim, imagine a cara da minha mãe quando eu disse a primeira vez que ia prum reggae no Canto das Tribos. Quase que ela desmaia... Só não chamou o povo de feio, mas o que você imaginar de ruim ela falou do lugar...
Mãe é tudo igual mesmo, só muda os cabelos!! ;DD

ps: Fui na feira domingo passado fazer umas comprinhas... Saí de lá com um Cabide de roupa, um enfeite de golfinho, uma sandália de couro com a sola de pneu de caminhão e uns DVD's piratas pra não perder o costume! hehehehe